DINÂMICAS E CONFORMAÇÕES DIFERENCIAIS NA URBANIZAÇÃO CAPITALISTA: APONTAMENTOS EM TORNO DA DESIGUALDADE SOCIOESPACIAL CONTEMPORÂNEA

Ulysses da Cunha Baggio

Resumo


Resumo

O presente artigo se devota a analisar a desigualdade socioespacial como uma expressão concernente às relações de poder, que integra o movimento mais amplo da diferenciação espacial, acompanhando o processo histórico de formação das sociedades, mas que, sob o desenvolvimento do capitalismo e, especialmente, da urbanização, passa a adquirir novos contornos e implicações, para o que muito contribui a formação de um novo padrão de acumulação, com traços de espoliação, e de uma avassaladora financeirização da economia, influindo processos de reestruturação territorial e potencializando disparidades espaciais na esteira de uma urbanização expandida, o que se realiza em estreita associação com o Estado. 


Palavras-chave


desigualdades socioespaciais; diferenciação social; financeirização; urbanização; periferia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Espaço & Geografia está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at www.lsie.unb.br. ISSN 1516-9375