COMPARAÇÃO ENTRE A APLICAÇÃO DO MODELO SHALSTAB COM MAPAS DE SUSCETIBILIDADE E RISCO DE DESLIZAMENTOS NA BACIA DO CÓRREGO PIRACUAMA EM CAMPOS DO JORDÃO - SP / Comparison between the Application of SHALSTAB Model with Slide Susceptibility and Risk Maps in Piracuama Stream Basin in Campos do Jordão - SP

Carla Corrêa Prieto, Rodolfo Moreda Mendes, Silvo Jorge Coelho Simões, Carlos Afonso Nobre

Resumo


Eventos de deslizamentos em encostas ocorrem de forma recorrente no município de Campos do Jordão - SP, causando perdas humanas e danos materiais. O presente artigo tem o objetivo de identificar espacialmente as áreas com instabilidade das encostas na bacia do córrego Piracuama, onde se localiza a Vila Albertina, uma área frequentemente afetada por esses eventos. Para tanto, fez-se a aplicação do modelo de estabilidade de encostas (SHALSTAB) e comparou-se os resultados numéricos com dados de mapeamentos de suscetibilidade e risco desenvolvidos pela CPRM em parceira com o IPT e IG, respectivamente. Os resultados foram consistentes com os mapeamentos, uma vez que as áreas identificadas como mais instáveis haviam sido mapeadas como áreas de elevada suscetibilidade e risco a deslizamentos. Essa é uma pesquisa preliminar que pode indicar as áreas suscetíveis ao processo de deslizamento planar raso. Esse estudo pode embasar pesquisa sobre análise de estabilidade de maneira mais pontual, em escala de detalhe.

Palavras-chave


Deslizamento em Encostas, SHALSTAB, Suscetibilidade, Campos do Jordão, Desastres Naturais

Texto completo:

PDF


Revista da Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto - SBC | Copyright © 2010 | Todos os direitos reservados