ZONEAMENTO DE SUSCEPTIBILIDADE A DESLIZAMENTOS INDUZIDOS EM BACIAS HIDROGRÁFICAS COM BASE NA LÓGICA FUZZY E NO PROCESSO ANALÍTICO HIERÁRQUICO (AHP) / Zoning of Susceptibility to Induced Landslides in Hydrographic Basins based on Fuzzy Logic and Analytical Hierarchy Process (AHP)

Celso Henrique Leite Silva Junior, Denilson da Silva Bezerra, Liana Oighenstein Anderson, Marcio Roberto Magalhães de Andrade, Dagolberto Calazans Araujo Pereira, Vera Lucia Araújo Rodrigues Bezerra, Fabricio Brito Silva, Luiz Eduardo Oliveira e Cruz de Aragão

Resumo


Deslizamentos induzidos em encostas ocupadas por assentamentos precários com elevada situação de vulnerabilidade é uma realidade presente nas aglomerações urbanas e metrópoles especialmente na América Latina e Ásia. A ameaça de desastres naturais nestas áreas é uma preocupação crescente com a intensificação de tempestades resultantes da dinâmica de extremos climáticos constatada atualmente no planeta associada ao crescimento populacional desordenado. O zoneamento de áreas suscetíveis a processos geodinâmicos surge como instrumento de planejamento necessário as políticas públicas de gestão territorial. Neste contexto, a Bacia Hidrográfica do Rio Anil (BHRA) na capital maranhense é adotada para a aplicação de uma metodologia de zoneamento de áreas suscetíveis à ocorrência de deslizamentos baseada na Lógica Fuzzy e no Processo Analítico Hierárquico (AHP). A utilização do operador Fuzzy Média Ponderada AHP demonstrou resultado satisfatório cuja validação se deu com acurácia (Índice Kappa) igual a 75,1% e exatidão total igual a 88%. As características físicas da BHRA acordam com os resultados do zoneamento que revelam a predominância de áreas com baixa e média suscetibilidade a deslizamentos, sendo as áreas de alta suscetibilidade restritas a determinados setores do relevo com declividade ente 12 e 20%. A definição dos valores atribuídos aos Membros Fuzzy e a resposta expressa nos resultados obtidos confirmam a relevância do conhecimento prévio dos fatores naturais e antrópicos condicionantes e dos dados de ocorrência de deslizamentos cadastrados pelas Defesas Civis. A metodologia apresentada é facilmente replicável em outras bacias hidrográficas, podendo alcançar melhor qualidade e aplicação a depender da resolução espacial dos dados cartográficos.

Texto completo:

PDF


Revista da Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto - SBC | Copyright © 2010 | Todos os direitos reservados