INTEGRIDADE ECOSSISTÊMICA A PARTIR DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO E REDES BAYESIANAS / Ecosystem Integrity based on Remote Sensing data and Bayesian Belief Network

Margareth Simões, Rodrigo Peçanha Demonte Ferraz, Andrei Olak Alves

Resumo


A Integridade Ecossistêmica (IE) pode ser definida como sendo um estado de equilíbrio de um dado sistema natural que é capaz de se autorregular por meio de diversos processos funcionais. A biodiversidade, enquanto uma característica qualitativa dos ecossistemas, constitui um indicador de estado referente ao afastamento das condições iniciais de um dado sistema natural. O mapeamento da Integridade Ecossistêmica tem se apresentado como um importante indicador para avaliar a relação entre a perda de biodiversidade e os impactos nos serviços ecossistêmicos em florestas tropicais, uma vez que a IE representa a conexão da biodiversidade com a capacidade dos ecossistemas em manterem os processos de auto-organização. Assim, o objetivo do presente trabalho é apresentar uma abordagem metodológica desenvolvida para geração de um índice de Integridade Ecossistêmica em escala regional, para diferentes padrões fitofisionômicos de paisagem, utilizando um modelo probabilístico baseado em Redes Bayesianas (BBN), dados de Sensoriamento Remoto (SR) e GIS. O procedimento experimental foi realizado sobre região da Amazônia Legal Brasileira. Os resultados preliminares foram promissores, possibilitando quantificar as áreas da Amazônia Legal com maior ou menor Integridade Ecossistêmica. Utilizando-se a mesma rede bayesiana, com dados de satélite atualizados, torna-se possível monitorar a IE ao longo do tempo, podendo, até mesmo, servir para estabelecer um protocolo de monitoramento da mudança da IE de uma dada região de interesse.

Palavras-chave


Biodiversidade, Amazônia, MODIS, Indicadores Ambientais, Serviços Ecossitêmicos.

Texto completo:

PDF


Revista da Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto - SBC | Copyright © 2010 | Todos os direitos reservados