GEOTECNOLOGIAS APLICADAS ÀS AUDITORIAS DE OBRAS PÚBLICAS NO BRASIL: PANORAMA GERAL E PERSPECTIVAS / Geotechnologies applied to audit of public works in Brazil: overview and perspectives

André Delgado de Souza, Maria do Carmo Martins Sobral, Ana Lúcia Bezerra Candeias

Resumo


Este trabalho consiste em uma análise da utilização das geotecnologias como suporte às auditorias de obras públicas realizadas pelos Tribunais de Contas do Brasil, com ênfase nos sistemas de informações geográfcas (SIG). O objetivo foi avaliar como as geotecnologias são aproveitadas no controle de obras e apontar oportunidades de novas aplicação. A metodologia consistiu na realização de revisão da literatura e análise dos SIG disponibilizados nos sítios eletrônicos dos Tribunais de Contas. Constatou-se que, a partir de 2008, as geotecnologias passaram a ser mais utilizadas pelos órgãos de controle no Brasil, em especial Global Navigation Satellite System (GNSS) e SIG, sendo mais incipiente quanto ao Sensoriamento Remoto. Verifcou-se que 35,7% dos Tribunais utilizavam SIG de forma sistemática, 14,3% estavam em fase de estudos e 50,0% ainda não utilizavam. Como possibilidade de novas aplicações nas auditorias, apontam-se GNSS diferencial e sensoriamento remoto para conferência de medições e aplicações de SIG para controle a distância de obras por meio de sensoriamento remoto, integração de bases de dados existentes e análises espaciais.

Palavras-chave


geoprocessamento; SIG; Tribunal de Contas; controle externo; controle a distância

Texto completo:

PDF


Revista da Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto - SBC | Copyright © 2010 | Todos os direitos reservados