IDENTIFICAÇÃO DE REGIÕES HOMOGÊNEAS E ANÁLISE DE REGRESSÃO MÚLTIPLA PARA REGIONALIZAÇÃO DE VAZÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TAPAJÓS / Identification of homogeneous regions and Analysis of Multiple Regression to Flow Regionalization in Hydrographic Basin of Tapajós River

Edkeyse Dias Gonçalves, Francisco Carlos Lira Pessoa, Raisa Rodrigues Neves, Rodrigo Silvano Silva Rodrigues, Ana Carolina Santa Rosa de Sousa

Resumo


Na gestão dos recursos hídricos é de fundamental importância conhecer o comportamento dos rios para fins de planejamento de atividades humanas, bem como para identificação de períodos de cheias e vazantes. A regionalização é importante para se obter modelos de cálculos de vazões e explorar ao máximo as séries hidrológicas por meio de métodos estatísticos. Dessa forma, o presente artigo teve como objetivo obter regiões hidrologicamente homogêneas e gerar um modelo de regionalização de vazão na bacia hidrográfica do Rio Tapajós, por esta região estar sendo alvo de grandes projetos hidrelétricos. Utilizou-se a distância euclidiana quadrática pelo método hierárquico de agrupamento de Ward. O dendograma resultou na formação de 3 grupos de regiões hidrologicamente homogêneas (G1, G2 e G3). Os grupos 2 e 3 não se aplicaram ao modelo de regionalização, devido à baixa quantidade de estações concentradas nestes grupos. Portanto o modelo de regionalização aqui proposto foi aplicado apenas às estações pertencentes ao G1 e alcançou índice de determinação (R2) igual a 0,8149, R2 ajustado igual 0,7802 e o erro quadrático relativo médio percentual (ϵ%) igual 2.92, o que implicou em boa resposta do modelo proposto em relação aos dados observados.

Texto completo:

PDF


Revista da Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto - SBC | Copyright © 2010 | Todos os direitos reservados