O MAPA NO ENSINO OCUPA UM ESPECTRO QUE TRAMITA PELA LEITURA E FEITURA ALTIMÉTRICA / Map in Teaching Occupies a Spectrum of Didactic Possibilities that Tracts between Reading and the Making of the Altimetric

Ana Claudia Biz, Mafalda Nesi Francischett

Resumo


A questão principal nesta proposta é o encontro dos princípios da Semiologia Gráfica com a didática de ensinar e aprender a ler altimetricamente o mapa. Também a compreensão das paletas gráficas em continuidade, de maneira que a ordem visual reflita a ordem dos dados e conduza dialeticamente a pensar na paisagem implícita e explicitamente representada. O objetivo é de contribuir para o entendimento da variável cor, logicamente organizada no mapa temático altimétrico, de modo a colaborar com o ensino da leitura e feitura dos mapas e da temática por eles abordada, na classificação que representa o relevo nos dois elementos: altitude e declividade. Na representação do relevo, são utilizados pontos altimétricos, curvas de nível e cores hipsométricas. Neste texto apresentamos uma proposta de atividade simples com os mapas altimétricos que pode ser desenvolvida a partir das bases do mapa do estado do Paraná e do mapa do Brasil.

Palavras-chave


Altimetria, Semiologia Gráfica, Ensino de Geografia.

Texto completo:

PDF


Revista da Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto - SBC | Copyright © 2010 | Todos os direitos reservados