MAPEAMENTO DA SUSCETIBILIDADE A DESLIZAMENTOS USANDO TÉCNICAS DE ESTATÍSTICA BIVARIADA E SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS NA REGIÃO NORDESTE DO RIO GRANDE DO SUL

Roberto Nunes Vanacôr, Silvia Beatriz Alves Rolim

Resumo


Este trabalho apresenta um método para mapeamento de suscetibilidade a deslizamentos na região nordeste do Rio Grande Sul, Brasil. O método é baseado em duas principais linhas de pesquisa: 1) a seleção e análise dos fatores condicionantes de deslizamentos e 2) o mapeamento de susceptibilidade com uso de um Sistema de Informações Geográficas (SIG), sensoriamento remoto e estatística bivariada. Durante a pesquisa foram testados estatisticamente parâmetros topográficos, geológicogeotécnicos e antrópicos gerados a partir de imagens ASTER, fotografias aéreas e mapas temáticos. Para determinar o peso dos fatores e diminuir a subjetividade no processo de decisão, foi avaliada a contribuição relativa de cada um deles com uso da técnica Analytical Hierarchy Process (AHP), baseada na lógica de comparação pareada. Por fim, através da avaliação por critérios múltiplos, foi definido o peso de cada plano de informação empregando o método de combinação linear ponderada, obtendo como produto o mapa de susceptibilidade da área. A metodologia utilizada se mostrou rápida, de fácil aplicação e relativamente de baixo custo, podendo ser usada por instituições públicas para a previsão de deslizamentos e para auxiliar no gerenciamento do uso do solo.

Palavras-chave


Susceptibilidade a deslizamentos, Processo hierárquico analítico, SIG

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20502/rbg.v13i1.338

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Geomorfogia ­ RBG (Rev. Bras. Geomorf. ­ Online ­ ISSN: 2236­5664) | Copyright © 2010 | Todos os direitos reservados