CARACTERIZAÇÃO GEOMORFOLÓGICA DA BACIA DO RIO TURVO-RJ: MÉDIO VALE DO RIO PARAÍBA DO SUL (MVPRS) / Geomorphological characterization of the Turvo river basin-RJ: the Middle Paraíba do Sul River Valley (MVRPS)

Rafael Albuquerque Xavier, Ana Luiza Coelho Neto

Resumo


O mapeamento geomorfológico da bacia do rio Turvo confirmou as evidências apontadas em estudos anteriores, de que a bacia apresentava feições diferentes das observadas em bacias vizinhas. Foram observadas 222 depressões fechadas em divisores de drenagem, indicando forte atuação de mecanismos geoquímicos. Por outro lado, o reduzido número de voçorocas (33) e a presença de pacotes sedimentares poucos espessos (média de 7 metros), apontam a baixa efetividade dos processos mecânicos na bacia, sobretudo ao compararmos com a sub-bacia do rio Piracema, tributária do rio Bananal, com 117 voçorocas, terraços de até 23 metros de espessura e apenas 1 depressão fechada. Internamente, a bacia do rio Turvo apresentou variações, onde, de modo geral, a sub-bacia do rio das Pedras concentrou 21 das 33 voçorocas ativas, os mais espessos pacotes fluviais e apenas 16 depressões fechadas. Assim, conclui-se que a bacia do rio Turvo é fortemente influenciada pelos processos de denudação química, e a sub-bacia do rio das Pedras apresenta as maiores características da atuação do trabalho mecânico de toda a bacia.

Palavras-chave


mapeamento geomorfológico; denudação mecânica; denudação química.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20502/rbg.v15i1.372

Apontamentos



Revista Brasileira de Geomorfogia ­ RBG (Rev. Bras. Geomorf. ­ Online ­ ISSN: 2236­5664) | Copyright © 2010 | Todos os direitos reservados